domingo, 3 de julho de 2011

Ilha linda, tás é doido*




Um pedacinho de terra,
perdido no mar...
Num pedacinho de terra,
beleza sem par...


Jamais a natureza
reuniu tanta beleza
jamais algum poeta
teve tanto pra cantar!
Num pedacinho de terra
belezas sem par!
Ilha da moça faceira,
da velha rendeira tradicional


Ilha da velha figueira
onde em tarde fagueira
vou ler meu jornal.

Tua lagoa formosa
ternura de rosa
poema ao luar,
cristal onde a lua vaidosa

sestrosa, dengosa
vem se espelhar..."

Rancho de amor à Ilha
(Zininho)








*Tás é doido: expressão manezinha que significa "estás doido, estás maluco" e geralmente serve para demonstrar entusiasmo e enfatizar o que foi dito anteriormente! Entendeu? :D

Nenhum comentário: