segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Pilateando*




Ei, vocês me deixam falar um pouquinho de algo que eu gosto MUITO, mas que talvez seja chato pra vocês? Obrigada, vocês são ótimos! Prometo que será rapidinho e vão gostar. Afinal, "Mi amore" também é cultura!

Eu queria falar do Método Pilates. Eu fiz o curso em janeiro, estimulada por várias colegas de profissão que fizeram e se apaixonaram. O método está a maior febre por aí. Os Studios de Pilates se proliferam mais do que coelhos. O que é ruim por um lado, porque nem sempre a qualidade é priorizada, na busca incessante por novos alunos e disputa com a concorrência da esquina.

O fato é que eu me apaixonei completamente pelo Pilates. E, apesar de ser "modinha" no momento, o método tem quase um século e posso garantir que realmente funciona. Já existem estudos científicos surgindo sobre o assunto e os resultados tem sido excelentes.

Mas, afinal, o que é essa bagaça? É um método de exercícios criado por um alemão, o Joseph Pilates. Joseph teve muitas doenças na infância e criou, por conta própria, exercícios com as molas da cama de hospital em que serviu como enfermeiro na guerra. Ele aplicou os exercícios nos enfermos e os resultados foram fantásticos. Claro que o método foi aprimorado com o tempo, sendo adaptado e modernizado. Os aparelhos que existem hoje são todos inspirados nas camas e na cadeira que Pilates usava pra se exercitar. Atualmente foi inserida a bola suíça também para uma infinidade de exercícios.

Na verdade, o Pilates permite que o instrutor crie os exercícios, desde que mantenha os princípios do Pilates, como a contração contínua dos músculos abdominais e glúteos. A respiração correta também é essencial. Contração do powerhouse (musculatura de abomen, glúteos e assoalho pélvico) + respiração correta durante todo o movimento é o básico do Pilates e deve ser ensinado ao aluno antes de qualquer exercício.

O Pilates trabalha com alongamento+fortalecimento GLOBAL da musculatura do corpo. Isso é uma grande vantagem em relação à musculação, que trabalha com músculos isolados. No nosso dia-a-dia não usamos músculos separados. Muitos agem em conjunto para a realização de qualquer movimento que você faça. O Pilates, portanto, sempre trabalha com a musculatura "em cadeias", ou seja, vários músculos são alongados e fortalecidos ao mesmo tempo, em cada exercício. As aulas geralmente são divididas em alongamentos iniciais e, em uma segunda etapa, são realizados exercícios de fortalecimento, com ênfase no que o aluno mais necessita. As aulas são TOTALMENTE adaptadas a qualquer nível de condicionamento do aluno. Pode ser realizado tanto em gestantes, idosos, pessoas com patologias ortopédicas, até em atletas e para fins estéticos.

Eu confesso que prefiro dar aulas "pesadas". Aula de nível avançado, aulas fitness mesmo. Sou super má (hahaha), mas é tão gostoso dar uma aula "top" e ver que o aluno conseguiu realizar, chegou ao fim e chegou satisfeito!!

Por necessitar de orientação contínua do instrutor, as aulas de Pilates devem ser realizadas com, no máximo, três alunos ao mesmo tempo. O instrutor deve estar sempre atento à postura correta de cada movimento, à execução do mesmo, à respiração e à contração do powerhouse (que deve ser constante).

Os benefícios são maravilhosos: melhora da concentração, da capacidade respiratória, da postura, aumento da flexibilidade e força muscular, corpo mais bonito e delineado, diminuição de dores musculares e recuperação mais rápida de patologias.

Abaixo, algumas imagens (de nível avançado, que é mais gostoso) pra vocês:

Pilates no solo- fortalecimento de pernas e abdomen

Pilates no reformer- alongamento da musculatura anterior da coxa

Pilates no Cadillac- Fortalecimento de membros inferiores, glúteos e mobilização da coluna


Pilates na bola suíça- Fortalecimento de abdomen

Joseph Pilates praticando seu método


* Será que o Pilates acharia ruim eu ter "gerundiado" o sobrenome dele?


5 comentários:

Michele P. disse...

Ôxe... sabe que deu vontade de praticar?! rs

Aquela da primeira foto é você?
Que divertido e interessante!! ;)



Beijos Mi

Luna Sanchez disse...

Minha irmã não vive sem, sempre faz a maior propaganda, adora!

E o Joseph iria gostar muito do gerúndio, flor, tenho certeza! ;)

Beijos mil.

Mirella de Oliveira disse...

Mi, pratique é não irá se arrepender. É maravilhoso, sem exageros! Sim, sou eu na primeira foto! Beijo, Mi :D

Luna, tua irmã sabe das coisas! Experimenta também! ;) Beijão

Maela disse...

Eu fiz, achei paradinho demais para mim ( sou muito elétrica ), mas Bob fez 2 anos inteiros de pilates.

Mirella de Oliveira disse...

Maela, mas já que você é muito elétrica não é válido parar um pouco para respirar, para focar em si mesma, para prestar atenção ao corpo e ainda assim se exercitar? Pilates faz bem ao corpo e à mente, e você ainda pode complementar com uma atividade aeróbica e extravasar essa energia toda! Ahhh, se você não gostou é porque não fez aula comigo (modesta, eu) ahahahahaha... Beijo, beijo