segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Um papo com (e sobre) a vida.


Eu acho deliciosa essa sensação. A sensação de estar tranquila, de estar bem consigo, de estar em paz. Sim, eu tenho tido dias difíceis, dias de vazio, dias de solidão... Mas, no fim das contas, eles só me fortalecem. Tenho sede de vida, e isso nunca nada nem ninguém irá tirar de mim. O vazio tem seu lado positivo. O fato de estar "vazio" faz com que possamos preencher com coisas gostosas. Eu tenho tanta coisa boa aqui dentro do peito. Tanta esperança no futuro, tanto sonho, tanta vontade de ser feliz!

Vem pra mim, VIDA!
Vem com tudo. Vem intensa. Vem completa. 
Vem com alegria, vem com tristeza, vem com dificuldades, vem com derrota, vem com sucesso.
 Permita-me, vida, que eu tenha dias de euforia e que tenha dias de recolhimento.
Permita que eu ria até chorar; mas permita-me, também, que eu chore e soluce com dor.
Preencha-me de ti, vida!
Faça com que eu VIVA até o último fio de cabelo (e isso é uma exigência, minha cara).

P.S: Escrevi ouvindo esse som:





Música deliciosa que me acalma, me emociona, me faz pensar, me faz chorar. Tem tudo a ver com as minhas últimas semanas. Ben Harper. Sempre ele.


5 comentários:

Anônimo disse...

Sabe, Mirella, eu tenho aprendido que são nesses (supostos) momentos de vazio, de sofrimento que mais amadurecemos, mais nos conhecemos, mais nos fortalecemos.
Eu desejo muita VIDA na sua vida.
Adoro seus textos e sua forma toda peculiar de escrever.
Até o próximo post e...o próximo comentário!! :)
Beijos,
Duda

Mirella de Oliveira disse...

"Muita VIDA na sua vida". Adorei isso, Duda! Obrigada por comentar. Não me esqueci do post que preciso escrever pra você. Mereces e muito, moça! Beijão

Michele P. disse...

Mi

A vida é repleta de surpresas... nunca se sabe em que curva a felicidade nos encontra. Guimarães Rosa dizia que era nas horinhas de descuido. Concordo com ele, mas estou sempre preparada para as surpresinhas... e desfruto delas, do mesmo jeito.
Espere pelo colorido, pela graça, mas viva intensamente os momentos que lhe são proporcionados hoje!

Um grande abraço

Luna Sanchez disse...

Aeeeeeeeeeeeee!!! Estamos na mesma onda, flor, num vazio chato e na esperança e vontade de que as coisas fiquem coloridinhas logo. E ficarão, tenho certeza!

Beijos enormes e uma linda semana pra ti.

Mirella de Oliveira disse...

Mi,

Sim, nas horinhas de descuido. Nas horinhas de muito zelo, também. A qualquer momento, talvez. A felicidade está sempre perto. Basta mais "sensibilidade" para conseguirmos observar. Viverei o hoje, pode ter certeza!
Beijo, dona Mizoca!


Luna,

Também tenho certeza! Ficarão coloridíssimas pra NÓS! Beijão e uma semana linda pra ti também! :)