segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Em (e com) todos os sentidos







Sou capaz de saborear sons, ouvir cheiros, cheirar toques e tocar imagens. Sou capaz de perceber sentimentos com os cinco sentidos. Sou capaz de amar com os seis. Só assim eu sou inteira.



Sou o gosto do que ouço.
Sou o som que inalo.
Sou o cheiro que apalpo.
Sou muito mais do que vejo.
Sou somente...
E tão somente,
O que desejo.

4 comentários:

Alline disse...

O gosto, o cheiro e a textura das palavras são muito bons. Sinto-os aqui.

Delicioso, Mi!!!!

Beijo grande y boa semana!!! =D

Dai disse...

E a gente é isso mesmo, a vivência, a experiência

beijo

Michele P. disse...

É o que digo sempre: só é feliz quem se entrega a vida e tudo de bom que ela proporciona. :)

Beijos, Mi :)

Maela disse...

Nada como ser uma mulher de paixões.

Metade é para os que se contentam com migalhas.
E "raspas e restos " NÃO me interessam