sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Descobre...



Chuva intensa e gelada. Caía verticalmente, sem vento nem brisa, típica daquele verão que açoitava a cidade em janeiro. Os dois corriam lado a lado, procurando abrigo em local seco. Ele gritou e sorriu enquanto corria, tentando ser ouvido em meio ao barulho da água:

-Eu te dou casa, comida e roupa lavada, gata!

(-Mas que cantada de moleque! Ela, pensou.) E disse, também gritando e sem diminuir o passo: 

-Ah... e será que tu serias capaz de me dar o que eu realmente quero?! E caiu na gargalhada, em tom de desdém!

-Gata, me diz o que tu quer! Sou capaz de muita coisa por ti!

Ela sorri e congela por dentro, sem conseguir entender a própria reação: 

-Hmmm... - Tentava dizer algo, mas antes de ter tempo de organizar o pensamento, ele a puxa pela mão:

-Shhhh - Ele diz, ao mesmo tempo em que a encosta num muro próximo e pressiona o seu corpo contra o dela.   Tirou uma mecha de cabelo molhado que lhe tapava a face esquerda e a beijou com suavidade, como se estivesse beijando algo muito frágil. Um, dois, três beijinhos suaves na bochecha. Olhou nos olhos dela e beijou-lhe a boca, agora com força, com vontade, pressionando ainda mais o seu corpo contra o dela. Ela cede e beija também, sentindo suas pernas amolecerem e o corpo dele pesar, aquecendo, aconchegando, excitando o seu. A água gelada que caía em sua pele contrastava com as mãos e o corpo quente dele, de modo que ela não conseguia mais raciocinar.

-Me diz, gata. O que tu quer? - Ele dizia, sussurando no ouvido dela e beijando-lhe o pescoço.

-Eu... (ela tentava dizer, sem êxito). Sentia a língua dele acariciando seu pescoço e as mãos masculinas percorrendo a lateral do seu corpo. Perna, virilha, barriga... seios. Ele apertou um dos seios, com firmeza e suavidade. Seguro de si. Louco. Louco por ela.

-Des...cobre... por favor, descobre... - Foi só o que ela conseguiu sussurrar.





3 comentários:

Mi disse...

Sensualidade e segurança por parte dela.
Gostei do conto.

Bjss

Luna Sanchez disse...

Vou precisar de um banho de chuva bem gelado agora, Mi...ahahahahaha

Delícia de post, adorei!

Um beijo, gatona.

A Mina do cara! disse...

to aqui na escola lendo e aparece uma foto que não poderia aparecer... :P

beijos