segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Você não me conhece



Você não me conhece. Pessoa alguma me conhece. Ninguém, em nenhum lugar do mundo, sabe quem, verdadeiramente, sou. Mas não pense que me escondo. E nem pense que tenho motivos pra isso. Ou melhor, pense, pense o que quiser. Adoro criatividade. Use e abuse. Mas, não. Não tenho motivos pra me esconder. Escondo involuntariamente minhas riquezas. São infinitas e são o que sou. Sou vasta e profunda. Por vezes, limitada e rasa. E sou misturada. E muitas (muitas!) vezes, totalmente ilimitada. Nunca mergulharam no infinito que tem meu nome. Sou, sim, o que você vê. E sou mais. Descobrir é pra poucos. E tenho dito.

Nenhum comentário: