segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Eu. Me. Curei. De. Você



Meu Deus! Como é gostoso dizer isso! Ela faz questão de escrever a frase do título pau.sa.da.men.te. E de saborear cada letrinha... cada fonema, cada movimento labial e lingual necessário pra produzir cada sílaba. Uma lágrima quase escorre de sua alma. Sim, da alma. Ela respira fundo e percebe que, junto com o ar, a vida também entra novamente pra dentro de si. A doença se foi. O fogo apagou. O controle da situação de volta em suas mãos. De onde nunca deveria ter saído. Que lindo! Que lindo! QUE LINDO!



Um comentário:

Alline disse...

Corpo e alma prontos para caminhar pela vida com leveza e alegria. Muito bom ler isso, Mi!!!!

E Olha eu aqui tentando voltar... hehehe

Beeeeeeijo